Buscar
  • Psicóloga Maria Aparecida Coelho

Ame o seu corpo, ele é o que você é!

Atualizado: 16 de Set de 2020

Toda e qualquer mudança em seu corpo, deve ser por sua vontade, e não pelo que os outros impõem.



Em um desses almoços de domingo, com a família toda reunida, uma parente mal acabou de almoçar e já foi despedindo-se de todos. Informou que precisava fazer unha, depilar, fazer a sobrancelha, porque no dia seguinte ela precisaria “estar linda para ir ao trabalho”.


Nesse mesmo momento, o marido dela comentou que a mulher precisa se arrumar mesmo, que mulher que não se depila e não lava o cabelo todos os dias é um “horror”. Vale ressaltar que o marido estava com a barba por fazer, mas como ele mesmo disse “homem só precisa tomar banho”. Desnecessário comentar aqui, o que as outras pessoas disseram, mas eu fiquei bastante indignada com muitos dos comentários, machistas e infelizes, feito por algumas das mulheres que estavam ali (cadê a sororidade?) e resolvi trazer aqui algumas reflexões.


A grande maioria das mulheres já ouviu algum tipo de crítica sobre o seu corpo, seu cabelo, a forma como se vestem, dentre outros. Esses comentários sobre a sua personalidade e sua aparência, de alguma forma as magoaram e interferiu em sua autoestima.


Por que as mulheres precisam seguir determinados padrões de beleza? Será que realmente precisam ser magras, ter cabelos lisos, seios fartos, barriga seca, pernas torneadas, sobrancelhas arqueadas, bumbum empinado? Não é nenhum clichê o preconceito, a injustiça e as cobranças que sofrem em nossa sociedade, é realidade!


Vocês já repararam que o comércio usa frases do tipo “use mais vestidos e veja as reações ao seu redor” ou “toda mulher precisa de cabelo de diva, unhas perfeitas e um look bapho”?


Infelizmente, são bombardeadas o tempo todo para terem uma aparência impecável, mas aí eu pergunto: o que realmente faz uma mulher se sentir bela e feliz?


Na minha concepção, uma mulher linda e feliz é uma mulher empoderada. É empoderada quando sabe o que ela é, sabe dos seus direitos e deveres, conhece o seu corpo, sabe dizer não, coloca limites, corre atrás dos seus sonhos, realiza-se profissionalmente e sabe o que quer. Quando se arruma não é para os homens, nem para se destacar no trabalho ou fazer inveja nas outras mulheres, mas ela se arruma para si mesma.


Destaco aqui, por exemplo, se sente-se infeliz porque tem seios pequenos e deseja aumentá-los, por que não? Colocará a prótese porque irá sentir-se mais feliz e com a autoestima elevada, mas não porque é o desejo de outra pessoa! Mas se tem seios pequenos e sente-se bem com o tamanho deles, tudo bem também. Mulher empoderada faz o que ela quer e o que pode para sentir-se bem, confortável e feliz consigo mesma! Ela não vive em função do desejo dos outros!


A grande maioria das mulheres tem estrias, celulite, flacidez, gordurinhas localizadas, rugas, mas e daí? Se está sentindo-se bem consigo mesma e feliz, não tem problema algum.


Não estou aqui incentivando ninguém a não ter vaidade e não se cuidar, até porque o asseio e autocuidado são imprescindíveis; quero que as pessoas entendam que não precisam ser escravas de padrões de beleza ditados pela nossa sociedade machista.


Atualmente as mulheres têm representatividade na ciência, tecnologia, na indústria, em cargos de liderança, na política, etc. Estão se destacando em vários segmentos que eram praticados por homens, conquistando seu lugar no mercado de trabalho e sendo reconhecidas profissionalmente, mas ainda assim, muitas das vezes, quando se trata de sua imagem, tomam decisões de acordo com a vontade dos outros.


Desejo que todas tomem as suas decisões de acordo com a sua vontade, que quebrem rótulos e que encorajem e apoiem as outras mulheres. Que tomem posse doe infelizmente, são bombardeadas o tempo todo para terem uma aparência impecável, mas aí eu pergunto: o que realmente faz uma mulher se sentir bela e feliz?empoderamento que possuem!



Mulher bonita é aquela que se sente confortável com ela mesma. Que olha para o espelho e sente amor pelo o que vê: com marcas do tempo, com alguns fios brancos, com o peso acima ou abaixo do esperado, com algumas gordurinhas localizadas…


Faça amizade com o espelho, ame o que ele te mostra, conecte-se com a sua verdadeira identidade. É importante valorizar as suas qualidades e evitar comparações, porque cada pessoa é única.


Goste da sua imagem, ressignifique-se e aceite-se como você é, mas se quiser fazer alguma mudança faça-a porque você quer e não por alguma imposição.


Seja sempre você mesma e lembre-se sempre de que, quem não te aceita como você é não te merece!


“Quando as mulheres estiverem plenamente conscientes do seu poder, elas poderão usá-lo para transformar a si mesmas e ao mundo ao seu redor.” (Mirella Faur)

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo